Tight Lacing: Laço apertado!


E a minha avó dizia: “Cintura de pilão minha filha!”. A moda do corset em pleno séc 21 veio mesmo pra ficar. Eu que já comentei dela no outro blog há uns meses atrás, não poderia deixar de comentar neste também. Pois bem, tem gente que gosta, tem gente que acha artificial e extremamente careta. As reações que um corset pode causar em um homem são das mais variadas possíveis. Fetiche? Sim, pode ser fetiche. Bobagem? é bem bobinho mesmo. Acontece que a maioria das mulheres está aderindo à peça não como um acessório puramente estético no sentido de corrigir a postura e “afinar” a cintura. Hoje o corset virou peça chave, peça única, uma peça provocativa. Passaram-se vários anos e veio a década de 90, e com ela a calça cintura baixa. Juntamente com essa moda também veio a moda do “corpo deformado”, rsrs....maldade!! eu sei, mas é a verdade. Olhem o corpo das mulheres desse século. Não digo que todas devem usar, quem nasceu com o biótipo a seu favor, pode sentir-se uma deusa por isso. Já eu, fofa e apaixonada pelo retro uso sim mon amour!

Corset dos loucos anos 20: Ser "reta" era estilo

Ledo engano quem pensa que a peça é um acessório só para mulheres. Confesso que deve ser um tanto bizarro ver um homem usando um, mas o Corset inicialmente quando foi inventando não tinha propósito estético, simplesmente servia para corrigir a coluna. Homens, mulheres e crianças usavam. Não tem nada a ver com os espartilhos e corpetes que se vendem em lojas de lingerie e Sexy Shop. Na verdade as pessoas confundem corset com corselet: A diferença: Corselet é uma imitação do Corset, é uma peça mais leve usada geralmente como lingerie e não possui nenhum efeito de mudança no corpo de quem utiliza. Pra começar suas barbatanas nem são feitas de aço. Essas peças são construídas com tecidos resistentes, em várias camadas e com reforços em áreas estratégicas, amarrados nas costas e com barbatanas rígidas, normalmente de aço ou alumínio. É fato conhecido desde a idade média que a pressão constante aplicada pelo Corset, sobre a cintura e costelas inferiores por 16 a 24 horas por o dia, acaba por curvar gradualmente as costelas flutuantes, fazendo que com o tempo a alteração acabe sendo definitiva. Famosas aderem e estão aderindo como Dita Von Teese que praticamente levantou a bandeira para essa "nobre" causa.



Tight Lacing: O Tight Lacing que traduzido ao pé da letra seria mais ou menos “laço Apertado” é nome dado à prática constante de uso do corset por um longo período de tempo, com o intuito de modificar a silhueta, ou seja, afinar a cinturinha meu bem. O grande segredo para que o corset tenha efeito está no laço. Interessante acompanhar a evolução do corset, foi desenvolvido no séc 16. A peça foi sendo deixada de lado no final do séc 19 e não tendo mais importância no séc 20. Ainda assim sempre buscou-se peças que valorizassem as silhuetas femininas. Nos anos 20 a moda era não ter curvas, não ser tão magra e ter seios pequenos. Os Corsets utilizados nos anos vinte não apertavam a cintura, mas continham o quadril o que facilitava o uso dos modelos de vestidos cintura baixa que foram febre na época.

E muda mesmo!: Não é loucura não, na verdade o maior incômodo são nos primeiros dias, após 4 horas de uso a peça já começa a incomodar. Dá pra respirar sim e os orgãos ficam todos encolhidinhos. Loucura?
Para manter a forma esguia e cônica sob o corpete é que seria introduzido o que se chamaria, dependendo da época ou região, payre of bodies, corps, ou vasquina, entre outros nomes; um corpete reforçado e rígido usado como roupa de baixo, que hoje chamamos de espartilho ou corset. A rigidez era o principal atributo do corset. A redução da cintura era mínima, mas o busto era erguido e pressionado, e as costas mantidas numa postura reta e distinta, como era de se esperar de uma dama. Tal rigidez era alcançada com tecido pesadamente engomado, couro, juncos ou cordas engomadas inseridas em canais costurados entre as camadas de tecido. Para manter as formas ainda mais retas, o busk, uma estreita placa de madeira ou marfim, era introduzido na frente, e poderia ser removido (alguns poderiam ser até esculpidos no formato de adagas, para ajudar a dama a se proteger de admiradores indesejados). Fonte: Madame Sher Corset
Moderninho: Modelo confeccionado pela estilista Madame Sher

Imagina, se na noite de núpcias o homem já sofria tendo que tirar cada parte da roupa feminina, acredito que pulava quando chegava no Corset. Alguns usavam até tesouras para retirar tanto tecido que era colocado religiosamente todos os dias. Além de serem complicados para colocar, complicados para retirar não eram nada confortáveis. Algumas peças fiéis são utilizadas até hoje em filmes e peças de teatros. Quem usa garante que não incomoda tanto quanto um modelo vitoriano que possui mais pressão na cintura, e não confunda flancos com cintura. Mas o Corset começou a atingir essa forma mais refinada de uso no Séc 18 onde as formas femininas eram mais valorizadas.




Acontece que nessa época os Corsets não eram feitos exatamente ao modelo do corpo de quem utiliza o que causava problemas de saúde em grande parte das mulheres pelo uso indevido. Daí aquela velha história de “Fragilidade Feminina”. Então usa um objeto pesado, desconfortável e apertado meu filho, daí vamos ver quem é frágil..rs. Mas atualmente os fabricantes de corset confeccionam suas peças sob medida. Nem preciso citar a Madame Sher, conhecidíssima do ramo. Quem adquire uma peça  da Sher além de ter uma peça linda e fiel as de antigamente ainda obtém todo um workshop de como usar. Posso falar de Corset até amanhã, existem vários sites e blogs que explicam tudo sobre a peça e a prática do Tight Lancing para as interessadas.


Eu tenho um corset, mas por ser um modelo Overbust eu não utilizo para a prática de tight lacing. Acaba sendo uma peça que utilizo em festas por cima de um vestido ou com saia. Se por acaso eu estiver falando grego visitem o site da Madame Sher, a Disneylândia para quem é apaixonada pela peça. Beijos e até a próxima material especial.

Comente com o Facebook:

14 comentários

  1. Ai o corpo fica mesmo lindo!!!
    Mas "fresquinha" do jeito que sou nunca me acostumaria a usá-los. Odeio me sentir encomodada por qualquer coisa. Amo uma blusinha branca que tenho há séculos, mas não consigo usar por causa do elástico muito apertado nos braços e da renda que me pinica ^^
    Eu tenho cintura, aliás herança das minhas ancestrais espanholas de corpão violão, mas tenho certeza que dá pra afinar bem mais. As mulheres hj em dia tem um corpo muito feio, reto sem forma, sem carne, sem curva, sem formosura.
    Adorei o post! E esse backgorund aí? Lindão!

    ResponderExcluir
  2. Oiii Priscilla,

    Obrigada pelo carinh...seja sempre bem vinda no meu canto!!!

    Obrigada por me avisar que o Mademoisellepri está restrito, por favor, me envie então um convite, meu e-mail é:
    vapuacu@gmail.com

    bjkssss e tenha um excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Muito obrigada pelo comentário no meu blog. O seu é sempre uma surpresa para mim, está cada vez mais bonito e simplesmente adoro seus posts. Esse em particular ficou ótimo.
    Beijos e continue assim.

    ResponderExcluir
  4. Oi querida!

    Obrigada por passar no Garimpo Democrático.
    Passei aqui para dar uma olhadinha no teu blog e acabei achando muitos posts interessantíssimos.

    Estou te seguindo agora. Parabéns pelo blog, está muito bem formulado.

    beijos
    Roberta
    http://garimpodemocratico.blogspot.com
    http://europeanbrecho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ah eu acho tão lindo!!
    Tem uns muito legais na galeria do rock, mas tenho medo de comprar e ão usar!

    Beijão amiga!

    ResponderExcluir
  6. Eu amo corselet e tenho uma cinta que uso principalmente no inverno que náo aparece tanto.. dá uma cintura amiga ehehehe
    Bjos e um excelente findi...

    ResponderExcluir
  7. entãooo!! eu vi q tá restrito! tentei entrar pra comentar e não consegui rsss

    manda convite pra morganacasarin@hotmail.com

    legal d+++ essa música q vc colocou!

    ResponderExcluir
  8. acredita q até hoje não comecei a usar os meus pro tight??? brasil é foda..é quente d+! sempre adio... vou ver se uso só pra dormir...será q consigo?

    ResponderExcluir
  9. Eu percebi que estava restrito, porém quando entro com a minha conta, que é aquela que tenho mais acesso ao meu blog não consigo entrar...
    Tente mandar o convite para maryjoeg@gmail.com, o e-mail do cromossomosxx, eu vejo diariamente porém não entro com ele no blog!!!

    Bjos! linda estou te seguindo aqui tb!!!
    Mari

    ResponderExcluir
  10. eu acho essas mulhers loucas, e tão feias tbm.. corpos asim ...

    ResponderExcluir
  11. Olá

    Tentei, dia atrás acessar seu blog e não consegui mais. Já estou te seguindo aqui. Voltarei com mais calma. Vou te linkar, assim não te perco.
    Gostaria que vc participasse do sorteio Novex.

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Adoro corsets!
    Não uso no dia a dia.
    Quando chego em casa, coloco uma cinta bem apertada na cintura para deixá-la bem fininha!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  13. Amiga! Que blog mais charmoso! Adorei! Adoro pin-ups! São muito lindas e elegantérrimas, com muito estilo e charme! Estes corsets são mesmo show! Meu email é carolinecwb@gmail.com
    Beijocas no coração!
    Carol

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela sua visita, ela é muito importante! Comente e deixe seu link. Responderei assim que for possível ♥