Vintage Freak Show

Frances O'Connor performer, atuou no filme "Freaks" de 1932
Bom dia leitores! Esse é um tema do qual tenho interesse em falar aqui no blog já algum tempo. Eu sei, diversos blogs e sites já falaram do tema. Mas me atrevo a escrever sobre isso também. Sei que algumas vezes (senão a maioria delas) eu dou uma grande pausa entre uma matéria ou outra, mas é porque eu realmente preciso ler, estudar, pesquisar a fundo antes de vir até aqui compartilhar qualquer coisa com vocês. Então como quero falar do tema de uma forma não tão resumida, vamos entender primeiro o que é e como surgiu essa forma de entretenimento na sociedade.

Freak Show: São os famosos "Show de Horrores" ou "Show de Aberrações", mais conhecidos pelo termo em inglês Freak Show. Esse tipo de entretenimento surgiu na Inglaterra, no Século XVII, tendo como primeira atração Lazarus Colloredo. Um italiano que nasceu com uma deformidade que possui um termo científico, mas que em resumo, algumas pessoas chamam de "gêmeo parasita", pois um dos gêmeos não se desenvolveu por completo. Nesse caso era fixo no peito de Lazarus, que andava com uma capa para cobri-lo e só chamar atenção quando estivesse se apresentando. Ele fez sua aparição na corte do Rei Charles I e ganhou fama com isso. Ao longo dos séculos essa pratica continuou viva, muito viva. Alcançou popularidade e sucesso comercial nos Estados Unidos, mais precisamente durante a  Era Vitoriana à partir do ano de 1840 até os anos 70 e se espalhou por outros países na Europa. Eram shows onde exibiam seres humanos e animais como uma atração bizarra, o que despertava a curiosidade das pessoas que passou a frequentar o ambiente.


Via Tumblr/Pinterest/



via Tumblr/Pinterest

Os Artistas: Eram pessoas com deficiência física, que tinham nascido com algum tipo de deformidade genética, doença e anomalias. Essas exibições eram muito populares em Circos, feiras e Sideshow, que para quem não sabe é uma produção secundária baseada no circo. Você já deve ter ouvido falar sobre a "Mulher Barbada" ou "A Mulher Aranha", "Engolidor de Espadas", "Mulher tatuada", etc. Os principais artistas usados nesse tipo de atração eram pessoas que tinham casos de nanismo ou gigantismo, gêmeos xifópagos (popularmente conhecidos como gêmeos siameses), anões e pessoas com todo tipo de doença rara até então inexplicáveis na época. Existe uma lista com nomes de artistas famosos e muitas, muitas imagens. Separei somente algumas abaixo.

Na primeira imagem um menino conhecido como 'Garoto Lagosta" e na segunda Sophia Schultz conhecida como "A Anã Gorda" - via Tumblr/Pinterest
Na primeira imagem o garoto Russo Jo-Jo, conhecido como o "Menino cão", na segunda Gêmeas Siamesas! - via Tumblr/Pinterest
Charles Eisenmann (05/10/1855 - 08/12/1927) Foi um famoso fotógrafo Alemão que construiu sua carreira em Nova York. Ele descobriu um estranho fascínio da sociedade Vitoriana por "artistas freak" e começou a reproduzir fotos desses artistas, sempre caracterizados em suas imagens com adereços circenses. Ele vendia as fotografias como Cartões Postais (Vintage Postcard). Possuía um imenso acervo de imagens de pessoas com deformidade física que fez ao longo da vida. Grande parte foi descoberta e leiloada no início dos anos 90. Vejamos algumas imagens de artistas mais famosos abaixo fotografados por Charles, lembrando que são muitas imagens então separei somente algumas:

via Tumblr/Pinterest
Ella Harper, conhecida como "Mulher Camelo" estrela de Espetáculos SideShow - via Tumblr/Pinterest
Frank Lentini era uma atração por ter nascido com três pernas. Sua imagem aparece no verso do álbum do Alice in Chains! - via Tumblr/Pinterest
Fanny Mills tinha uma doença que causava inchaço nas pernas fazendo com que ela possuísse pés gigantes. É conhecida como "A Pé Grande de Ohio" - via Tumblr/Pinterest
Myrtle Corbin tinha quatro pernas e duas vaginas. Se casou e teve cinco filhos! - via Tumblr/Pinterest


The Sevem Sutherland Sisters:  Sarah, Isabella, Naomi, Mary. Grace, Dora e Victoria eram sete irmãs que cantavam, dançavam e exibiam seus longos cabelos que juntos mediam mais de 36 metros. - via sideshowworld.com
A Realidade, Bastidores do Show: Ser considerado uma "Aberração" obviamente não era fácil. Mesmo assim essas pessoas tinham que buscar o seu próprio sustendo e da melhor forma possível. Muitas se tornaram grandes atrações do Show de Horrores, não só pelo aspecto físico, mas também porque tinham talento para alguma coisa como interpretação por exemplo. O público que frequentava os Sideshows eram pessoas de classes mais baixas, que enxergavam tudo simplesmente como um espetáculo e sim, se divertiam muito com isso. Imagine todo o preconceito e o sofrimento que esses artistas sofreram. Houve casos em que eles haviam sido vendidos por seus próprios pais ou familiares aos empreendedores do Circo de Horrores. As pessoas com deficiência física também eram abandonas e se juntavam à esses espetáculos para sobreviver e ao menos ter onde morar, sendo sujeitos a todo o tipo de humilhação e maus tratos. Fora a exposição que sofriam diante da sociedade.

Posters de Circo e atrações Freak, sendo o último da Era Vitoriana - via Tumblr/Pinterest/ Google
Estrelas do Vaudeville: As gêmeas siamesas Daisy e Violet Hilton foram uma grande atração durante a década de 30. Elas nasceram na Inglaterra em 1908 e foram vendidas pela própria mãe para Mary Hilton e submetidas a tratamento rigoroso e abuso físico. Ensaiavam diariamente dança e canto. Inicialmente se apresentavam como  "The United Twins". Durante o tempo em que estiveram sobre controle de Mary Hilton e sua família todo dinheiro que ganhavam nas apresentações em "SideShow" ficava sob posse da família de Mary. Isso durou até anos mais tarde com a morte de Mary, as Irmãs entraram com um processo por danos do qual saíram ganhando. A partir daí as gêmeas passaram a se apresentar em teatros Vaudeville e mais tarde em 1932 participaram do filme "Freaks" interpretando elas mesmas. Elas tentaram se casar, mas foram proibidas. Faleceram em 1969 vítimas da gripe Hong Kong, com uma diferença de horas entre uma e outra. Em 1989 foi criado um musical baseado na vida delas o "Twenty Fingers Twenty Toes" e "SideShow" de 1997.

As irmãs siamesas Daisy e Violet Hilton - via Tumblr/Pinterest
Filme "Freaks" (1932): Na época o filme Frankesntein havia abalado o público se tornando um grande sucesso. Foi assim que surgiu a ideia do polêmico filme Freaks em português Monstros! Dirigido por Tod Browning, conta a história de uma trapezista (Cleópatra) que tem um caso com o fortão do circo (Hércules), mas que seduz e casa com um anão, herdeiro de uma grande fortuna. NO circo também trabalham diversos artistas "Freak" que são pessoas boas. Ela é aceita por eles quando se casa com o anão. Em uma das cenas que mais me comoveram eles cantam: "We accept you, one of us". Mas ela, bêbada logo revela sua verdadeira face demonstrando seu ódio por todos eles durante a cerimônia de casamento, expulsando-os e ofendendo eles. O anão se arrepende do erro que cometeu e no final eles planejam uma vingança.

Poster do filme "Freaks" - via Tumblr/Pinterest
Curiosidades sobre o Filme: O filme é tão real que no elenco estão pessoas com deficiência física, que inclusive sofreram a reprovação da produção e do elenco "normal" do filme, que não queriam trabalhar com eles. O filme, que estava totalmente fora dos padrões morais Norte Americanos chegou a ser censurado, sendo reapresentado ao público algumas décadas depois. As pessoas se chocavam em ver outras pessoas deformes, sem braços ou pernas. Era realmente uma imagem perturbadora. Na minha opinião é um filme totalmente à frente de seu tempo, que desafiou os padrões daquela época e ainda é impactante nos dias de hoje. Mesmo assim levando em conta não só a época, mas também o fato de que a maioria deles não eram atores de verdade, na minha visão eles fizeram um trabalho brilhante! O filme teve reações e opiniões diversas da crítica que o considerou sensacionalista, e claro o público que na época reprovou a película. Mas o que temos aqui é o real retrato da sociedade, onde os únicos Monstros de fato são a Cleópatra e o seu amante Hércules. Eu assisti e recomendo para todos os amantes de filmes antigos e cinéfilos de plantão, mas aviso que é um filme com conteúdo muito forte, porém emocionante e nos faz refletir sobre muitas coisas na vida. Assistam!

Elenco do filme "Freaks" - via Tumblr/Pinterest
Filme completo com Áudio Original (Eu não consegui achar Legendado, se alguém tiver deixe o link nos comentários! ;)

Algumas cenas do filme!

TOP 10 com os melhores artistas de todos os tempos

O Objetivo desse post não é ridicularizar nem debochar de ninguém e eu sei que meus leitores não farão piadas sobre eles, como eu já vi fazerem em outros lugares. Pode parecer um pouco perturbador eu sei, mas esse é um espaço onde compartilho não só do que gosto ou o que acho bonitinho, mas também serve para expor curiosidades e assuntos que chamam a minha atenção. E se você é como eu e gosta de ir a fundo em tudo que é do seu interesse, eu recomendo um ótimo documentário da HBO chamado "Some Call Them Freaks" lá vai: [PART 1, PART 2, PART 3, PART 4] Fala diversas histórias reais, como o caso dos irmãos siameses mais famosos Chang e Eng Bunker que tiveram sim uma vida normal, se casam e tiverem juntos 21 filhos, permaneceram unidos até o fim de suas vidas. Também conta o caso das irmãs Daisy e Violet Hilton que mencionei acima, no vídeo inclusive vocês podem ouvir elas duas cantando.  Por ser um documentário antigo e considerado raro não existe uma legenda e ele está com o áudio original.  Mas fica a dica para darem mais uma olhada por aí, pois existem outros documentários além desse.

Quando eu estava pesquisando, me lembrei que a um tempo atrás eu vi uma série de TV, que no episódio que vi, mostrava pessoas nos dias de hoje trabalhando em espetáculos de Freakshow. Procurei muito, mas como a minha memória não me ajudou, talvez vocês possam me ajuda se já tiverem visto algo assim em alguma série de TV. Vamos lá gente, comentem!

Comente com o Facebook:

6 comentários

  1. Adoro o filme Freaks. Me interessei pelo documentário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu recomendo que assista, é muito bom! ;)

      Beijos flor!

      Excluir
  2. Olá! Gostei muito do post.
    Diane Arbus também trabalhou fotografando os denominados "freaks", mas com a intenção de revelar a humanidade dessas pessoas e o que a sociedade entendia como monstruosidade.
    Acho o trabalho dela muito interessante: http://diane-arbus-photography.com/
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jocilane, fico feliz que tenha gostado =)

      Muito obrigada pela dica, não a conhecia. Vou dar uma conferida no link que você passou ;)

      Abraços xx

      Excluir
  3. Essa temática é muito interessante, e é chocante a forma como as pessoas se divertiam às custas das deformidades dos outros. Vai começar a nova temporada de American Horror Story baseada nesse tema, estou ansiosa pra ver!
    Beijos.

    Diva de Brechó

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, bom saber. Vou acompanhar!
      Obrigada pela visita! XoXo

      Excluir

Muito obrigada pela sua visita, ela é muito importante! Comente e deixe seu link. Responderei assim que for possível ♥