Victorian Cats


Hello leitores lindos! Eu decidi fazer uma série de posts sobre curiosidades da Era Vitoriana que tanto me fascina. Eu sei que muitas pessoas também são apaixonadas por tudo relacionado ao Século XIX. Esse post é especial porque eu amo gatos, então espero que vocês apreciem a leitura  

A Era Vitoriana foi um período de grandes mudanças e avanços industriais e tecnológicos que marcaram não só o povo Britânico, mas influenciou to mundo todo. Durante os 63 anos de reinado da Rainha Vitória muitas práticas, sendo a maioria  delas estranhas, foram adotadas pela sociedade. Se elas são estranhas ou não, para quem gosta, não faz diferença. Um exemplo da influência dessa época nos dias de hoje, foram os gatos começarem a ser domesticados! Antes o papel dos felinos na vida do homem era simplesmente o de afastar os ratos da casa. Os gatos já tinham feito parte da história da humanidade muito antes disso. Na idade média eles eram associados ao diabo e quem tinha um inocente gatinho podia ser acusado de bruxaria. Antes disso, no Egito antigo eles eram um verdadeiro objeto de adoração. Porém foi na Era Vitoriana que eles alcançaram os holofotes dignos de um pop star e o status oficial de "membro da família". E se hoje em dia nós temos gatos em nossas casas, acho que devemos isso à Rainha Vitória que de tão apaixonada logo adotou dois gatos persa. (fonte: squidoo). E como tudo que uma rainha faz "vira moda", logo o interesse da população pelos gatos e também as diferentes raças foi aumentando. Separei alguns fatos históricos que comprovam essa paixão felina. Confira abaixo:

Da família: O amor pelos gatos nos retratos de família. Era comum tirar fotos com o bichano. 


No Século XIX a fotografia era uma verdadeira febre entre as pessoas da Classe Alta (mais tarde Classe Média). Tudo porque era uma grande novidade tecnológica. Junto com a fotografia, vieram a tona os gostos estranhos da população Vitoriana (e não estou falando apenas das famosas fotografias post-mortem). Você acha que as fotos de gatinhos fofos começou na internet? Naquela época as pessoas já se divertiam com fotos de gatos vestido roupas, em poses e atividades iguais as de um ser humano. Isso tudo começou com o Inglês Harry Pointer que ao longo de sua vida tirou mais de 200 fotos de gatos que foram publicadas em uma série chamada The Brighton Cats. Ele começou tirando fotos "normais" dos gatos de sua casa quando eles estavam dormindo ou bebendo leite. Mas em 1870 ele percebeu que tirar fotos de gatos imitando os seres humanos seria muito mais engraçado e agradável. Ele começou a fotografar gatos vestindo roupas, tricotando, cozinhando, andando de patins, de bicicleta e até mesmo tirando fotografias. Ele passou a escrever frases nas fotos, como mensagens de "Feliz Ano Novo". o que agradou o público se tornando um grande sucesso comercial.  De fato ele sabia lhe dar com os animais e com a câmera.

Os gatos do fotógrafo Harry Pointer, pioneiro nesse tipo de fotografia.

Harry Whittier Frees fez fotografias usando gatos, cães, coelhos e até porcos. 

É fofo e ao mesmo tempo esquisito.

Anos depois, o também fotógrafo Harry Whittier Frees passou a fazer o mesmo, porém acrescentando outros animais em suas fotos como coelhos, cães eté porcos que segundo ele eram difíceis de lhe dar. Como eu disse, é esquisito e ao mesmo tempo bonitinho. Mas isso vai do gosto de cada um. Com o sucesso, ele lançou um livro na década de 20, o Animal Land On The Air.

 Também era muito comum os gatinhos em calendários, postcards (cartões postais). Gatinhos em Livros de história infantil e Paper Doll books.

Antropomorfismo: Gatos com características humanas se tornou uma febre.

Entretenimento: Folheto de "Os gatos inteligentes. Pavilhão de Londres, Piccadilly" de 1880. Exposição e Show de gatos. Curioso, como deve ser um show de gatos?



Walter Potter foi um famoso taxidermista Inglês. Posso dizer que ele levou a ideia de fotos e ilustrações de animais imitando seres humanos para outro nível, que vocês já podem imaginar. Ele ficou famoso mundialmente pelas suas exposição de animais empalhados em seu museu, O Museu de Curiosidades do Sr. Potter que fez muito sucesso durante a era Vitoriana. Ele começou a colecionar animais mortos aos 19 anos, quando o seu canário morreu. Sua coleção é um exemplo do que - segundo minhas pesquisas - chamam de "Victorian whimsy", que traduzido ao pé da letra seria "Capricho Vitoriano". Essa coleção contém o famoso "Potter's Rabbit School", que são coelhos empalhados em uma escola e o "The Kittens' Tea Party", Gatinhos empalhados simulando a hora do chá. A riqueza dos detalhes de suas peças e técnica de preservação dos animais são características do seu sucesso. Seu museu entrou em declínio após sua morte em 1914. Os familiares passaram a cuidar dos mais de 10 mil exemplares de animais empalhados pelo museu de Potter. O interesse do público diminuiu no Século XX e muitos alegavam que os animais empalhados teriam sofridos maus tratos, enquanto que os familiares alegavam que eles teriam morrido de forma natural. O museu funcionou mesmo depois de sua morte, mais foi fechado em 1970. Em 2003 mais de 6000 peças de sua coleção foi leiloada. Pessoalmente eu não gosto de animais empalhados.

 Walter Potter: The Kittens' Tea Party

Walter Potter: Cat's Wedding de 1890 é considerado um dos maiores trabalhos de Potter.

O Inglês Louis Wain foi um famoso pintor e um apaixonado por gatos. Ele ficou famoso com seus desenhos e pinturas de gatos com características antropomórficas, principalmente pelas pinturas de gatos de olhos grandes. Tendo em vista que os gatos eram muito populares naquela época, ele trabalhou fazendo ilustrações dos felinos para revistas, cartões postais, livros infantis e logo seus desenhos ficaram famosos. Wain sofria de esquizofrenia e segundo psicólogos, as obras de Wain apresentam sintomas de sua desordem mental e psicose. Infelizmente passou os últimos anos de vida internado em hospitais psiquiátricos. Segundo a Wikpédia, seu trabalho pode ser divido em duas etapas: Fase normal e fase psicótica. Ele também criou uma série de pinturas em cerâmica. Ele é classificado como um pintor cubista.

Alguns de seus trabalhos ...

Louis Wain: Fase normal

Louis Wain: Fase psicótica. Pessoalmente eu acho mais interessante as obras da fase psicótica do que da normal. O que vocês acham?


Não tenho nenhum vídeo referência sobre esse tema, não encontrei nenhum. Para dizer a verdade, não encontrei nenhum site ou blog nacional falando especificamente dos Gatos Vitorianos. Fiz uma pesquisa e somei ao conhecimento que eu já tinha, então se por acaso eu deixei de mencionar algum fato curioso, algo que vocês saibam e não está aqui, por favor deixem nos comentários. Algumas referências e imagens eu retirei do site photohistory-sussex (uma das minhas fontes favoritas) e squidoo, sendo o último aconselhável a leitura, ele menciona nomes de alguns escritores Vitorianos influenciados pela companhia dos gatos, algo que resolvi não incluir no post (texto em Inglês). Espero que vocês tenham gostado da matéria especial.


Meow,

Comente com o Facebook:

26 comentários

  1. Adorei esse espaços para um grande amigo que sempre tive os gatos. Eu penso que são muito solidários e amigos, apesar das pessoas acharem o contrário. Adorei!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fabiana, fico feliz que tenha gostado da matéria.

      Obrigada pela visita <3

      Excluir
  2. Nossa!!! que pesquisa maravilhosa você fez, adorei... eu sou apaixonada por gatos, adorei saber de tanta Historia legal. ameiii
    bjuxxxx

    ResponderExcluir
  3. Nossa, muito legal o post e saber da história de como as "fotos de gatinhos" ficaram famosas. Já tinha lido coisas a respeito de como os gatos começaram a virar animais de estimação, mas, não tinha ido para o lado artístico da coisa.
    Eu particularmente, também não gosto de animais empalhados. Acho de muito mal gosto e triste.
    Seu blog está muito legal. Adoro esse estilo e o visual está o máximo. As músicas então, escolhidas a dedo! Parabéns pelo belo trabalho!
    Quando tiver post novo, só chamar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara, obrigada por seguir o blog e saiba que fico muito feliz que você tenha gostado do post, da trilha sonora e do meu blog <3 Pode deixar, sempre que tiver um post novo estarei divulgando no grupo! E você tem blog?? Quero muito conhecer.

      Ah, seja bem-vinda! ... Bjs <3

      Excluir
  4. Ahhhh eu sou gateira assumida e morri de amores pelo post ♥
    Eu nunca imaginei que essas fotos com os gatinhos fossem de verdade, quando eu via não prestava muita atenção e pensava que eram montagens, nossa incrível!!! As gravuras também são muito criativas :3
    Beijos.

    Diva de Brechó

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Geovana! Sim, são muito fofas :3
      Obrigada pelo comentário.

      Beijos!

      Excluir
  5. Seu blog é muito interessante...Meu Deus,nunca soube da história dos gatinhos que eram considerados bruxaria...Poxa vida...Amei!Fotos muito fofas e gatinhos *---*
    Vou visitar sempre seu blog...É muito bom,e eu sou fascinada por coisas vintages!
    Beijos da Bia!♥♥♥

    http://www.strelateen.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Fico muito feliz que tenha gostado, seja bem-vinda =)

      Obrigada pela visita e pelo comentário. bjs! <3

      Excluir
  6. As fotografias estão fantásticas :)
    Beijinhos

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Aaaaai! Amei!
    Sou louca por bichinhos e tenho uma gata louca que lembra alguns desses gatinhos aí. :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho um gatinho, o jack. Coisa mais linda :3

      Excluir
  8. Ownn morri de fofura com esse post tão lindo! Muito amor Pri!
    I Love Cats!
    Pri, você é essa mocinha com cabelo chanel?
    Queria muito que você aparecesse no blog.
    Beijoskas da Cris Mix da Cris Retrô!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cris <3
      Não, eu não sou essa mocinha linda (quem me dera ter metade da beleza dela rsrs)
      É a Louise Brooks, meu ícone de beleza. Ela foi uma atriz do cinema mudo. Eu não posto fotos, sou tímida! rs

      Excluir
  9. Adoro a Era Vitoriana, mas devo admitir que, pra mim, foi uma das épocas mais creepy da história da humanidade xD
    E, caramba, você fez um tremendo de pesquisa! O post ficou excelente, gostei muito mesmo. Também sou apaixonada por gatos e surtei de fofura com o trabalho do Harry Whittier Free.
    Concordo com você quanto ao Louis Wain, a fase psicótica é muito mais interessante e artística (coitado).
    Sobre o Walter Potter: acho o trabalho dele meio assustador e bem bizarro. E alguém acredita mesmo que TODOS esses gatos morreram de causas naturais? Conta outra, Walter u.u
    Acho que me empolguei ligeiramente escrevendo o comentário.
    Beijinhos!
    http://prudencethedeer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, para mim também foi uma época cheia de bizarrices, mas essa é uma das características que fazem com que ela seja fascinante pra mim ^_^ . Na mesma hora que acho os gatinhos fofos, também acho eles esquisitos. Os do Free são fofinhos :3

      Ahhh fico tão feliz com os comentários de vocês, eu também me empolgo lendo todos eles xD

      Beijosssss

      Excluir
  10. Gostei muito de ler esta materia sobre os gatinhos da época vitoriana, excelente! Realmente os gatinhos vestidos de gente e empalhados enquadra-se bem naquela época, que vivia fascinada com Freak Shows e curiosidades. O bizarre, a magia e até o além (como o espiritismo), despertava muito interesse nas pessoas e isso teve muita influência na arte, no cinema e até na leitura. O gato tinha de ser inserido aqui, né! São uns fofos e uns misteriosos :)

    Beijinhos e parabéns pela matéria interessante! :)
    Miss Beta

    http://miss-beta.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico SUPER feliz de receber tantos feed-backs sobre esse post, ainda mais positivos. A Era Vitoriana é realmente única, intrigante, apaixonante e estranha <3

      Muito obrigada Miss Beta =)

      XoXo

      Excluir
  11. Ai meu Deus Priiiiii, coisa mais fofa esses gatinhosssssssss!!! Ameiiiiiii demais esse post! <3 in love com essas fotos kkkkkkk Bjokas

    ResponderExcluir
  12. Não tenho palavras para dizer o quanto amei esse post. Eu também adoro gatos, mas não conhecia a obra de nenhum desses artistas.
    PS: Espero que os gatos empalhados tenham, realmente, morrido de forma natural. :/
    Uma Questão de Estilo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nhaaa Obrigada! Fico muito feliz de saber que você gostou do post. Bjs xxx

      Excluir
  13. Mas deve que dava um trabalhao pra tirar essas fotos né?
    kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim, gatos são geniosos xD Aparentemente o fotógrafo tinha jeito com os bichanos, rsrsrs

      Excluir

Blog sobre moda, beleza, livros, artwork, universo vintage/retrô e inspirações diversas de uma eterna nostálgica.

Obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas ou sugestões nos comentários. Responderei todos assim que for possível ♥ XOXO