Ilusões, Vintage Stereoview e o Fantasma do Estereoscópio



Hello Vintagers, tudo bem? Pensei em dar continuidade à série que falo sobre curiosidades e características interessantes da Fotografia Vitoriana. No entanto, no post de hoje falo sobre algo em relação à fotografia que ocorreu nesse período tanto na Europa quanto na América, logo vocês vão entender o por quê. As ilusões em fotografias não começou com Photoshop ou qualquer outro programa do estilo, isso é algo mais velho do que a minha avó. Foi uma prática muito popular que se iniciou em meados do século XIX. Na maioria das vezes era um truque proposital, causado pelos fotógrafos daquela época, então acho legal falar dos truques no mesmo post para observar essas belíssimas imagens centenárias. AVISO: Isso pode ser um tanto quanto perturbador para algumas pessoas. Leia por sua conta e risco (brincadeirinha). Vamos lá:

Como as ilusões eram feitas? A tecnologia da época exigia que a pessoa que estivesse posando para a foto permanecesse parada por um longo período de tempo, comparado à tecnologias posteriores. Isso tudo por causa do time e da luz adequada, além claro do mecanismo de máquinas fotográficas da época. Não sou fotógrafa e não tenho profundo conhecimento sobre o tema, mas acredito que a pessoa ficava exposta naquela pose por aproximadamente 30 minutos ou mais (fotógrafos de plantão, me corrijam se eu estiver errada). E por ficar parado tanto tempo é normal observarmos em muitas fotografias expressões estranhas, engraçadas e até assustadoras. Nós não fomos os primeiros a observar esses detalhes nas expressões das pessoas. Os fotógrafos da época também observaram, e "viajavam" literalmente na hora de revelar as fotos em seus estúdios, fazendo montagens e ilusões daquelas imagens.


Crianças em "Dose dupla" via Photography Museum / hyperallergic.com

Double Portraits:  Os retratos duplos feitos em estúdio unindo duas imagens em uma só no momento da revelação das fotos. Um truque bem feito em uma época onde não existia Photoshop. Ok, algumas delas são bem creepy, mas fascinantes a sua própria maneira. Não encontrei muitas imagens de retratos duplos. As imagens dos retratos duplos contém algumas informações que levam à crer terem sido feitas na América.

Fotos ilusionárias via Photography Museum / hyperallergic.com

Double Portrait via American Museun of Photography

Vintage Stereoview: Antes de falar sobre as imagens do estereoscópio, melhor explicar o que é, para aqueles que não conhecem: O estereoscópio - em Inglês Stereoview - é um dispositivo que serve para observar pares de fotografias ou imagens vistas de pontos diferentes, causando assim uma visão tridimensional (3D). Esse instrumento foi criado em 1838 pelo inglês Sir Charles Weatstone. As fotografias em estereoscópios se tornaram muito populares na América e Inglaterra em plena Era Vitoriana, logo se espalharam também por toda a Europa. E que tipo de foto eles observavam pelo estereoscópio? Todos os tipos de imagens que você pode imagina. Durante as minhas pesquisas encontrei sites especializados em vender e/ou exibir fotografias de estereoscópio. O curioso é ver a natureza das fotos: Culturas de outros países, sociedade, etnias, erotismo, retratos de família, encenações e teatro e muito mais. Como vocês podem ver, era uma ótima forma de expandir conhecimento e entretenimento ao relatar como era o dia-a-dia das pessoas daquela época. Além do que as imagens por si só são fascinantes, algumas delas inclusive foram pintadas à mão. Observe que em muitos cards existem descrições, frases, data e assinatura do fotógrafo. Encontrei tantas imagens que como sempre foi difícil selecionar algumas (rsrsr).

As duas imagens são observadas lado-a-lado. Nesse card a mulher está justamente observando do estereoscópio! - via


"A stitch in time saves nine." (1875) - Via
Photo via delcampe.net

Haviam os românticos: "I am so Sorry to Leave you Dear." (1899) - Via

Estereoscópio, retratos de stereoview Vintage e em bom estado, aparentemente estão à venda nesse site aqui. Uma verdadeira preciosidade. - Photo by caseantiques.com

Se você ficou curioso para ver um estereoscópio antigo, uma bela foto. As images ficavam guardadas em cases juntamente com o instrumento. - Photo by caseantiques.com

Claro que eu fiquei super curiosa para observar as fotos e o efeito em 3D que elas causam - Não em um estereoscópio atual e sim em um antigo -. Felizmente no tumblr (ah, como eu amo o tumblr!) eu encontrei alguns gifs com as duas imagens unidas em uma animação, então dá para ter uma leve noção de como era observar essas imagens naquela "caixinha mágica".

Essas gueixas são lindas! - via

Um grupo de mulheres sentadas na grama! - Via

Espíritos nas fotos e o Fantasma do Estereoscópio!

Por meio destas fotografias antigas e registros históricos é que observamos o quanto os Vitorianos eram obcecados não só pela morte, mas em tudo que envolvia ela tal como espiritualidade, superstições e fantasmas. Em plena era do Iluminismo e Espiritualidade, muitos acreditavam na visão de fantasmas e ectoplasmas em todo lugar, principalmente nas fotografias. Muita gente tirou proveito disso, fazendo truques e reproduzindo fotos como se realmente tivesse algum espírito ali. Observação: Não vou entrar na discussão do que era real ou não, estou apenas expondo o lado fictício e puramente teatral, que não deixa de ser algo interessante.

O fantasma no estereoscópio! via

O fantasma no estereoscópio! via

O fantasma no estereoscópio! via

Esse aqui é interessante, uma caveira. - via

Mais uma imagem com fantasma proposital - via

Então uma série de fotografias sobre fantasma foram surgindo em TODO lugar. Não bastassem os truques, ainda tinham que fazer toda uma encenação. Posteriormente, a popularidade dos fantasmas foi parar no cinema, jornais e livros. Inclusive, sendo tema central de muitos livros dedicados à esse fenômeno sobrenatural. As imagens abaixo foram retiradas do famoso livro The Strange Case of William Mumler (O Estranho Caso de William Mumler) contendo muitas fotos e histórias dos espíritos nas fotografias, um fenômeno muito popular do século XIX.

Muitas pessoas acreditavam no espírito de um parente ou pessoa querida em meio aos vivos. - Via

William H. Mumler (1832- 1884) foi um fotógrafo Americano dedicado ao tema da espiritualidade. Em 1861 ele estava sozinho em um quarto e decidiu tirar um auto retrato, mais conhecido como SELFIE nos dias de hoje. Na fotografia apareceu a imagem de um espírito. Logo suas fotos se tornaram popular e mais tarde ao ser acusado de fraude e em função disso ter ganho uma péssima reputação, ele destruiu quase todos os seus negativos. Esse tema se expandiu pelos Estados Unidos e se tornou objeto de estudos sobre a veracidade das imagens, porém com o passar dos anos foi ficando cada vez mais claro de que a maioria das imagens realmente se tratava de uma fraude. Mais algumas fotos abaixo:

Essa imagem feita por Mumler, seria o fantasma do ex-presidente Abraham Lincoln com as mãos nos ombros de sua mãe.

Algumas páginas do Livro de Mumler considerado o pai da Espiritualidade em Fotografias - via

Headless Potraits: Pois é, não poderia falar de truques em fotografias antigas sem falar desse, em especial se tratado da Era Vitoriana. Para dizer a verdade eu não sei afirmar se TODAS as imagens encontradas na internet são reais (não em relação às cabeças decapitadas, mas se foram realmente obra dos Vitorianos em seus estúdios). O que mais vejo são fraudes sendo expostas na internet. Seguindo a moda dos fantasmas nas imagens, agora você também poderia posar com a sua cabeça fora do corpo.

Extra, extra! As novidades da época iam parar direto nos jornais! via

Headless Potraits - via

Headless Potraits - via

Headless Potraits. Último retrato de cabeça decapitada por hoje (rsrs) - via

Iluminismo e espiritualidade são temas muito extensos, cheio de referências e trabalhos dos quais se você estiver interessado em se aprofundar, fica aí um assunto/tema para ser pesquisado caso você goste. Essas são só algumas das muitas montagens feitas naquela época. Eu não fiz esse post pesando no Halloween. Esses são temas que venho escrevendo e pesquisando a um tempo e só agora ficou pronto. Ainda tenho alguns Post Cards que pretendo publicar depois porque eu não quero assustar vocês ainda mais! Referências externas do site hyperallergic.com, e de um excelente artigo onde retirei algumas imagens dos fantasminhas users.telenet.be.(Pois é, eu poupei vocês de ter que ver muitas imagens bizarras em um só post, haha). Quem quiser continuar se aventurando em pesquisas e leitura, vou deixar alguns links abaixo. Espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Beijos :*



RECOMENDO 
Site sobre fotografias antigas, o antiquephotographics.com
A história do Estereoscópio nos Estados Unidos, artigo super interessante - Aqui
A Golden Age dos Estereoscópios - Aqui
Algumas imagens no Flick que possa lhe interessar - Aqui

 | Facebook  | Bloglovin  |  Tumblr  | Pinterest |

Comente com o Facebook:

14 comentários

  1. Hey Pri, inicialmente confesso que fiquei com medo de arriscar a ver o post mas confesso que são divinos, a forma de como eles trabalhavam e na minha opinião as mais legais eram os de espíritos *ooo* incríveis

    http://cataventodoce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também enxergo por esse lado, de que ao mesmo tempo que é assustador também é encantador e interessante ^_^.... Obrigada pela visita Juliana! <3

      Excluir
  2. adorei o post. muitas fotografias se misturavam com obras de arte. eu adoro aquele costume antigo no brasil de pintar as fotografias. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho algumas fotografias desse estilo para postar mais pra frente, também foram pintadas a mão. Também acho bacana quando unem obras de arte. Volte sempre Pedrita =)

      Excluir
  3. Eu nao gosto dessas coisas de fantasmas acho sinistro,mas é interessante essa mistura que eles faziam com a arte.Bjo! www.mulherunika.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Grazi! Sim, é muito interessante ainda mais em uma época em que a fotografia ainda estava engatinhando. Beijos!

      Excluir
  4. Super legal...sinistro também! Eu fico de cabelo em pé com essas coisas de alma penada, mas isso é muito interessante!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha... faz parte! Obrigada pelos comentários Larissa, fico muito contente! =)

      Excluir
  5. Adoro este tipo de fotos :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também! ;D... Obrigada pela visita Mag!

      Excluir
  6. Algumas fotos são elmete perturbadoras mesmo...rs mas, achei genial para uma época em que não havia todas estas tecnologias!

    Beijos, Jell e Marcelo
    www.urbanoeretro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho fascinante! ^^ ... Beijos! xxx

      Excluir
  7. Amei este post e amei sua série! Muito boas as referência .... eu trabalho com teatro e me deu muitas ideias! Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna, que legal! Fico feliz de saber que o post foi útil, muito obrigada! Beijoss :*

      Excluir

Blog sobre moda, beleza, livros, artwork, universo vintage/retrô e inspirações diversas de uma eterna nostálgica.

Obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas ou sugestões nos comentários. Responderei todos assim que for possível ♥ XOXO