#Resenha: Outlander - A Viajante do Tempo (Diana Gabaldon)


Sinopse: Claire, a protagonista de A viajante do tempo é uma mulher de personalidade forte, lutando para se manter num mundo de homens violentos, que busca seu verdadeiro amor enquanto participa de importantes acontecimentos da história. Claire Beauchamp Randall foi separada de seu marido Frank pouco depois da lua-de-mel, quando ele foi convocado para lutar na Segunda Guerra Mundial. Ao final do conflito, Claire e Frank se reencontram e retomam a vida que tinham em comum numa viagem a Escócia. Mas o reencontro não ocorre da forma esperada. Parece haver entre a esposa e o marido um distanciamento muito maior do que aquele causado pelos anos de guerra. Ao visitar uma antiga e mística formação de rochas, Claire finalmente vai conhecer seu destino.


Título: A Viajante do Tempo (Série Outlander Volume 1)
Autor: Diana Gabaldon
Ano: 1991/2014 (Relançamento)
Editora: Rocco/ Saída de Emergência (Relançamento)
Adicionar no Skoob

Tudo começa no ano de 1945. Claire Beauchamp Randall é Inglesa e tem 27 anos, que trabalhou como enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial. Ela é casada com Frank Randall, um renomado historiador e professor universitário. A Guerra separou o jovem casal durante sete anos. Com o intuito de se reaproximarem novamente, eles fazem uma viagem para as Highlands em Iverness na Escócia, para uma segunda lua de mel. Em meio às pesquisas do marido - que está buscando informações sobre sua árvore genealógica -, Claire vai visitar um local, que segundo as lendas, é um lugar místico chamado Craigh na Dun, que possui um Círculo de Pedras. Passeando entre as pedras, Claire acidentalmente faz uma louca viagem no tempo. Ela vai parar no mesmo local em que está, só que no ano de 1743, em plena Revolução Jacobita.
"Poderia dizer que meu campo de visão contraiu-se a um único ponto escuro, depois desapareceu completamente, sem deixar nenhuma escuridão, mas apenas um brilhante vazio. Poderia dizer q ue senti como se estivesse girando ou como se estivesse sendo virada do avesso. Tudo isso é verdade, mas nenhuma dessas comparações transmite a sensação que tive de total perturbação, de estar sendo atirada com força contra alguma coisa que não estava lá."
Desnorteada e confusa, Claire se encontra diante de uma batalha campal entre escoceses e soldados ingleses. Tentando fugir - de algo que nem ela sabe ao certo o que é -, acaba se deparando com o desprezível Capitão Jonathan Randall, mais conhecido como Jack Black - que se não bastasse, é o antepassado do seu marido Frank. Mas foi justamente o Clã Mackenzie, que decidi levá-la como refém, pois devido às circunstancias e forma como foi encontrada, todos acreditam que ela é uma espiã inglesa. Claire agora é uma Sassanach, uma forasteira inglesa em terras escocesas.
"Parecia inconcebível, mas todas as evidências indicavam que eu estava em um lugar onde os costumes e a política do final do século XVIII ainda vigoravam. Eu teria imaginado que tudo não passava de algum tipo de espetáculo à fantasia, se não fosse pelos ferimentos do jovem a quem chamam de Jamie"
Ao ser levada até o acampamento do grupo que a fez como refém, conhece um jovem soldado com um passado tão, mais tão complicado chamado Jamie Fraser, que ainda estava ferido. Prestativa, Claire ignora os olhares e dúvidas de todos em relação à ela, e decide colocar seus conhecimentos como enfermeira em prática, ajudando o rapaz. Claire é uma mulher muito inteligente, perspicaz, de personalidade forte, o que pode gerar problemas levando em consideração a época. Sua atual situação incluem ser refém e nova curandeira da população, vivendo em meio a um povo desconhecido em pleno Século XVIII.

A única forma de retornar ao Século XX, é indo até as pedras em Craigh na Dun. Isso seria tarefa fácil, se não tivesse que se livrar daquele bando de homens perigosos em sua cola, todos desconfiados de suas reais intenções. A Sassanach se vê cada vez mais envolvida em intrigas e confusões. A única forma de não ser presa pelos ingleses é se casando com o gentil e sedutor Jamie Fraser. O novo casamento trás para Claire diversas dúvidas, receios e culpa (é a dona flor e seus dois maridos versão Scotland). Ela tem uma difícil tarefa diante de si: tentar a todo custo voltar para sua época e seu marido no século XX, ou então se render a uma nova paixão nos braços de Jamie.

Je Suis PrestSabe quando a gente se apaixona por uma história, e praticamente devora o livro? Esse livro é de longe um dos melhores que já li. Simplesmente fantástico! Me interessei depois que comecei a assistir a série. Um amigo já havia me indicado os livros e a Inajara do Vintage & Geek me indicou a série de TV (na verdade ela insistiu muito que eu assistisse, porque sabia que eu iria gostar). Como é bom ter amigos que sabem do que a gente gosta, e não desistem facilmente, hehe.

Claire é uma personagem muito inteligente, prestativa, íntegra e justa. Ela também é muito diferente da maioria das heroínas literárias. Sua atitude e postura frente às situações, a tornam uma mulher admirável e muito atraente. Para ela aquele novo/velho mundo é muito difícil de ingerir, mas ela consegue aos poucos ir se adaptando, ao mesmo tempo que tem que pisar em ovos e ter que lhe dar com usa consciência. Jamie Fraser tem 23 anos, e apresentado como o homem dos sonhos: alto, ruivo, inteligente, sensível, romântico, engraçado e maravilhosamente inocente. A gente tem que se esforçar muito pra lembrar que ele é só um personagem fictício, e que não existe (mimimimi). Essa mistura de inocência e ousadia de Jamie, somado à capacidade que o mesmo tem para atrair problemas, o tornam tão querido e especial. Impossível não se apaixonar por Jamie Fraser.
"O fato de eu não ser virgem o incomoda? - Ele hesitou por um instante antes de responder.- Bem, não - disse devagar -, desde que não a incomode o fato de eu ser. - Riu diante da minha expressão de queixo caído e recuou em direção à porta."
Claire e Jamie são de longe um dos meus casais favoritos da literatura. Existe mito química entre eles, mas o relacionamento verdadeiro não começou da noite para o dia. Ele foi se construindo aos poucos, depois de se casarem. Eles se tornam amantes, mas sem deixar de ser amigos. E isso fica ainda melhor à partir do segundo volume da série "A Libélula no Àmbar".
"Eu sou seu senhor... e você é minha senhora. Parece que não posso possuir sua alma sem perder a minha"
Diana Gabaldon consegue nos envolver com cada um dos personagens, que vão ganhando nossa admiração - ou ódio - a medida que se desenvolvem na trama. Ela concilia Realidade X Ficção de forma primorosa. Não poupa nenhum detalhe, por mais íntimo que seja, ou até mesmo, os detalhes mais violentos e sórdidos, como a impunidade e as intrigas políticas. Mas tudo é escrito de uma forma muito rica. A narrativa não ser tão formal e nem cansativa, acaba sendo uma leitura rápida (pelo menos foi o que eu senti). O texto é bem escrito, rico em detalhes de suma importância, que farão toda diferença no destino dos personagens. O fato histórico é maravilhoso, eu sempre tive interesse pela cultura celta e clãs. A gente acaba aprendendo um pouco mais sobre a Escócia, sua história e seus costumes. Sei que não terei paz enquanto não ler e comprar todos os livros.
"Senhor, se nunca tive coragem em minha vida antes, que eu a tenha agora. Permita que eu seja corajoso o suficiente para não cair de joelhos e implorar- lhe que fique"
No momento estou lendo o quarto volume, "Os Tambores de Outono". São oito volumes lançados até o momento. O oitavo título ainda não foi lançado no Brasil. Prometo resenhar todos os que eu já li em breve. Foram tantos sentimentos controversos durante a leitura, de tudo um pouco: raiva, compaixão, ódio, repulsa, admiração e uma vontade louca de ir pra Escócia e, "acidentalmente", cair entre algumas rochas (por razões óbvias). Brincadeiras à parte, até o momento tem sido uma leitura fascinante. Super recomendo, ainda mais se você gosta de romance/ficção/história. Mas já vou avisando que você pode acabar se viciando. 

Classificação:
Sobre a Série: Eu não poderia deixar de falar, quanto à adaptação do livro transmitida pelo canal Starz, o que posso dizer é que, até o momento, ela está PERFEITA! Bastante fiel ao livro, o elenco foi bem selecionado. Se você prefere séries à livros, fica a dica! Espero que tenham gostado da resenha, e se vocês conhecem, deixem sua opinião nos comentários, e responderei a todos ASAP! Eu sei que me empolguei na resenha, prometo que a próxima será mais "sóbria", :)

Uuuiii....Lassie!!!

Até a próxima, Sassanachs!

Série Outlander:
A Viajante do Tempo (Resenha)
A Libélula no Âmbar (Resenha)
O Resgate no Mar (Resenha)
Tambores de Outono (Resenha)
A Cruz de Fogo (Resenha)



Siga também no: Facebook  | Bloglovin  | Skoob Tumblr  | Pinterest

Comente com o Facebook:

14 comentários

  1. Todo mundo diz que os livros são viciantes. Prometi pra uma amiga que ia começar a ver a série, preciso arranjar tempo. Mas seu post já me guiou bastante ;) bjos!

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, são viciantes. Encontro-me no momento em estágio avançado de vício, kkkkk... Obrigada pela visita. Beijos!

      Excluir
  2. Adoro livros que me causam tantos sentimentos diferentes, apesar de eu acabar sofrendo tanto quanto os personagens em algumas páginas. Quero muito ler estes livros, mas com essa de mudança de editora fica difícil acompanhar uma série com tantos livros e eu fico muito agoniada quando tenho que aguardar continuações.
    Mas, para compensar, estou assistindo a série (acho que em séries/filmes é mais fácil lidar com alguns sentimentos que temos por certos personagens) e é impossível discordar dos pontos que você cita. O casal da história é fascinante e não tem como não torcer por eles. E o Jamie... ah, o Jamie... você já sabe o que eu penso dele. Hahahaha
    Beijos, Pri!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que me deixa chateada é esse lance da editora, Adoraria ter os livros com as primeiras edições lançadas aqui, mas em contra partida a história é incrível e me encontro cada vez mais apaixonada pelos personagens. E sim, eu te entendo muito bem hehehe.. Obrigada pela visita Camila <3

      Excluir
  3. Nossa que livro fantástico, fiquei fascinada com a história, principalmente por retratar uma mulher, suas dúvidas e sua força.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Paola! E o melhor é que não caí no clichê ;)... Beijos!

      Excluir
  4. gosto muito desse tema em livros, romances onde a personagem tem personalidade e é uma mulher admiravel como vc descreveu, melhor ainda quando se tem uma serie ...gostei da resenha!

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jackeline, fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos!

      Excluir
  5. Eu tenho um problema muito sério com sagas de livros, se for de ação então... eu comecei a ler uma série que se chama Os Legados de Lorien que fala de batalha alien (sim, sou dessas rs) e eu li três dos cinco livros da saga em três dias, eu não conseguia parar de ler hahahahaha Esse me deixou BEM curiosa, eu não conhecia, adoro histórias com mulheres com personalidade, nada daquelas principais sonsinhas e sem sal, sabe? E se dá pra aprender algo de história então! Melhor ainda! Adorei flor, parabéns pelo texto que tá ó <3

    Beijos!
    www.nagarupadavespa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei como é isso Lê, estou tão vidrada na série (livros e série de tv), eu recomendo, tenho certeza que você também vai gostar. Fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos <3

      Excluir
  6. Acho que deve ser ótimo. sinopse interessante.

    http://www.cheiadepapo.com.br/

    bjus

    ResponderExcluir
  7. Não conhecíamos o livro, mas já tínhamos ouvido falar da série, parece ser muito interessante, gostamos de vários gêneros de livros e esse nos chamou muito a atenção.

    Beijos


    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meninas, a série é muito amor! Super recomendo, espero que gostem. Beijão!

      Excluir

Muito obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas e sugestões nos comentários. Não esqueça do seu link, responderei todos assim que for possível ♥ XOXO