#Resenha: O Grande Gatsby (F.Scott Fitzgerald)


Sinopse: O Grande Gatsby - Obra-prima de Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby é o romance americano definitivo sobre os anos prósperos e loucos que sucederam a Primeira Guerra Mundial. O texto de Fitzgerald é original e grandioso ao narrar a história de amor de Jay Gatsby e Daisy. Ela, uma bela jovem de Lousville e ele, um oficial da marinha no início de carreira. Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. A história é contada por um espectador que não participa propriamente do que acontece - Nick Carraway. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente.

Título: O Grande Gatsby (The Great Gatsby)
Autor: F.Scott Fitzgerald
Ano de Lançamento: 1925
Adicionar no Skoob
Classificação: 


Essa é provavelmente uma das obras mais conhecidas no mundo e já faz um bom tempo que eu desejava ler esse livro. Muito antes mesmo de assistir o último filme de 2013, eu já ouvia e recebia indicação de vários amigos para que lesse. Fui adiando, adiando... até que, depois de ler "Paris é uma Festa" de Ernest Hemingway, eu decidi adicionar o livro às minhas metas de leitura desse ano - não que Hemingway tenha algum crédito por isso, ele só aguçou um pouquinho a minha curiosidade em relação à personalidade de Fitzgerald e também sua obra.
"A vida é usufruída com muito maior sucesso quando contemplada através de uma única janela"
Não é difícil entender o por que de O Grande Gatsby ser um clássico da literatura norte americana. Uma vez que você lê o livro, isso fica bem claro: O sonho americano, a busca pela prosperidade enquanto se é jovem. Esse é um romance curto, que em poucas páginas consegue descrever o que há de pior na alta sociedade. A história é narrada por Nick Carraway, um jovem que trabalha no mercado financeiro e que vive modestamente em Long Island. Ele tem como vizinho um dos novos ricos do local: Jay Gatsby. O misterioso milionário que é famoso por dar "festas de arromba" que se tornaram a sensação do lugar.

Gatsby se aproxima de Nick, que logo descobre que o objetivo principal de seu "novo camarada" é sua prima, Daisy Buchanan. Uma jovem rica casada com o insuportável - e também riquíssimo - Tom Buchanan. Gatsby e Daisy tiveram um curto romance no passado, quando ele ainda era um pobre oficial da marinha. O apaixonado Gatsby passa os próximos anos enriquecendo, mudando sua vida por completo; deixando de ser um rapaz pobre, para se tornar um homem rico e assim, atingir um sonho chamado Daisy. O que Gatsby não imagina é que, quanto mais esse sonho está próximo de se tornar realidade, logo ele irá descobrir o preço de viver uma fantasia criada por ele mesmo.

Apesar de estar na qualidade de observador, Nick é o meu personagem favorito. Ele apresenta as duas faces da moeda: o universo dos ricos (já quê, pelo grau de parentesco com Daisy ele frequenta esse meio), e o universo dos pobres, pelo fato dele ser um. Também não posso deixar de ressaltar o quanto Daisy Buchanan é desapaixonante, e que infelizmente Gatsby não a conhecia o suficiente. Apesar desse ser um romance trágico, é uma obra maravilhosa que descreve a juventude aristocrata pós guerra, tal como a ilusão e cegueira causadas pelo dinheiro. Tudo isso em meio aos loucos anos 20. Alguma dúvida de que eu fosse gostar?

Classificação: 

Adaptações no Cinema: Como todo bom livro, O Grande Gatsby teve algumas adaptações cinematográficas. 

Da esq. para dir., os atores que viveram Jay Gatsby no cinema: Warner Baxter, em 1926; Alan Ladd, na versão de 1949; Robert Redford, no filme de 1974; e Leonardo DiCaprio (Fonte)

Ainda não tive oportunidade de assistir os primeiros filmes, e de todos estou ansiosa para ver o filme de 1974. Também não posso deixar de dizer que gostei muito da atuação do DiCaprio nesse filme. É isso, espero que tenham gostado!

Beijos!

Comente com o Facebook:

18 comentários

  1. Oi, Pri! Sempre quis ler o livro, e finalmente comprei a versão original em inglês para ler (e treinar). Imaginava que tivesse um romance clichê e que ela não fosse tão "desapaixonante" hehehe E não sabia que já tivessem tantas adaptações do filme!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Guta! Eu realmente me surpreendi com a história, achei que Daisy valeria o esforço de Gatsby, mas não. Rsrsrs.... Boa sorte na leitura em inglês, beijos!

      Excluir
  2. eu amei suave é a noite desse autor, mas esse livro eu não li. adorei as duas versões do cinema. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso pesquisar mais obras desse autor. Beijos, Pedrita!

      Excluir
  3. Oi Pri,
    amo este livro e tenho 2 filmes, a versão com o Robert Redford e a versão com o di Caprio. Gosto mais do primeiro filme, pois o final é mais fiel ao livro, muito embora a Mia Farrow seja uma Daisy muito fraca. A Daisy do filme mais atual é bem melhor.
    Gosto tanto do livro que batizei uma cachorrinha de Daisy.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Betty, quero muito ver essa versão. Parece ser muito bom. Também gostei bastante da mais atual. Ótimas atuações. Beijinhos!

      Excluir
  4. Priii, não li o livro ainda e só assisti a ultima versão, e a produção é muito linda, fiquei completamente apaixonada, agora fiquei curiosa para ler o livro e ver as outras versões, se assistir conta aqui o que achou pq adoro sua resenhas <3

    beijos querida!
    http://www.nagarupadavespa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nhaaa, obrigada *--*
      Pode deixar, se eu assistir as outras versões, contarei tudo, rsrs Bjs!

      Excluir
  5. Acho muito legal livros que tem um observador contando, se eu achar nos sebos da vida vou levar sim! haha
    Bjs
    Diva de Brechó

    ResponderExcluir
  6. Oi linda!
    Gostei muito de conhecer o seu blog
    O seu blog é estiloso, tem uma apresentação linda e é cheio de informação útil.
    Que você tenha uma ótima segunda feira!!!!
    Beijokas!

    Dé uma passadinha no meu blog, você vai adora ele tanto quanto eu adorei o seu.
    Se gostar, me siga. Mas se você não gosta.......
    ME SIGA mesmo assim!!! rsrsrs
    Beijokas!!

    http://viciadasemlivros911.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Já vi muita resenha sobre Pri, embora não tenha mínima ideia do que aconteça no final, pressumo que os dois não ficam juntos, enfim só uma análise do possível desfecho.

    Estou louca para ler e ver o filme, que aliás me chama bastante a atenção pelo figurino. Em todas as fotos e traillers que eu vejo as roupas parecem ser divinas. Voltando ao livro eu tenho quase certeza de que se eu ler gostarei porque tenho um apreço enorme pelos Loucos Anos 20, é bem minha cara e eu gosto de literatura mais pessimista.

    Bjus♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está correta, realmente não ficam juntos, mas acho que deve ler o livro se tem vontade :) Também quero muito assistir os demais filmas já lançados anteriormente. Também tenho uma grande paixão pelos anos 20 <3... Obrigada pela visita, Gabi :*

      Excluir

Blog sobre moda, beleza, livros, artwork, universo vintage/retrô e inspirações diversas de uma eterna nostálgica.

Obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas ou sugestões nos comentários. Responderei todos assim que for possível ♥ XOXO