#Resenha: Um Verão Inesquecível (Mary Balogh)


Kit Butler é um dos mais afamados solteirões de Londres, casar é a última coisa que lhe passa pela cabeça. Mas a sua família tem outros planos. Para contrariar o casamento que o pai lhe arranjou, Kit precisa de encontrar uma noiva... e depressa. Entra em cena Miss Lauren Edgeworth. Lauren foi abandonada em pleno altar pelo seu noivo, Neville Wyatt. Destroçada, decide que não voltará a passar pelo mesmo: nunca casará. O encontro entre estas duas forças da natureza é tão intenso como uma tempestade de verão... e ambos engendram um plano secreto. Lauren concorda alinhar na farsa em troca de um verão recheado de paixão e aventura. No final, ela romperá o noivado - o que afastará possíveis pretendentes - deixando-os a ambos livres. Tudo corre na perfeição, até que Kit faz o impensável: apaixona-se por Lauren. E um verão já não é suficiente para ele. Mas o tempo não para e Kit sabe que terá de apelar a mais do que as suas vulgares armas de sedução para conseguir convencer Lauren a entregar-lhe o seu coração... na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, para o resto das suas vidas. 
Título: Um Verão Inesquecível (A Summer To Remeber) - Bedwings #2
Autor: Mary Balogh
Edição: 2012
Editora: ASA (Portugal)
Adicionar no Skoob 
Classificação:

Comecei a ler esse livro na sequencia de Uma Noite de Amor (Resenha aqui). Gostei muito do primeiro livro que possui um enredo bem desenvolvido, e a história de amor entre um casal bem atípico. A autora se especializou em escrever romances que ocorrem no período da Regência. Então se você também gosta de romances de época tanto quanto eu, essa é uma boa dica de leitura.

No livro anterior, tivemos um casamento cancelado pela presença da então esposa do conde de killbourne. Lily Doile surgiu diante de Neville para sua alegria e espanto, já que ele acreditava que seu grande amor havia morrido em Portugal. Ao mesmo tempo, começava o maior pesadelo de Lauren Edgeworth, a noiva deixada no altar. Essa personagem despertou minha curiosidade, em função da atitude dela: ao invés de ficar ultrajada e amaldiçoar aquele casal tão apaixonado, a postura que Lauren adotou foi a da cordialidade e extrema gentileza com Lilly e Neville – ela não se descabelou nem jogou toda sua ira para cima do conde, embora estivesse morrendo de ódio por dentro. 

Esse livro conta o outro lado da história. A história de Lauren, a noiva abandonada. Após o desastroso casamento, Lauren decide se afastar de Newbury Abey. Ela faz companhia para a nova duquesa de portfrey em suas últimas semanas de gravidez. Durante esse período, Lauren evita os eventos da alta sociedade, pois o escândalo ainda é recente. Ao mesmo tempo não pretende de se afastar de tudo. Ela só não está disposta a aceitar que todos a tratem como uma coitada. Lauren se mantém digna em seu universo, sem deixar transparecer sentimentos de dor e humilhação - afinal de contas ela é uma dama.

Durante um passeio, Lauren presencia um pequeno aglomerado de pessoas que assistiam a um descamisado Kit Butler, o visconde de Revensberg, brigando sozinho com três homens. Esse em questão é famoso por ser impulsivo, causar confusão em todos os lugares por onde passa e de ter a pior reputação. Nenhuma moça respeitável poderia sequer trocar meias palavras com semelhante pessoa. Seus olhos se cruzam, Kit se diverte com a reação espantada e envergonhada de Lauren.
Mas há um obstáculo muito importante em semelhante plano, Revensberg – disse lorde Farrington com o cenho franzido, embora esboçasse um sorriso e estalasse a língua antes de prosseguir – Que mulher respeitável o aceitaria?
Ela se torna então sua nova meta. Kit sabe que mais cedo ou mais tarde terá de enfrentar sua família e assumir o título de conde. Kit quer uma esposa que ele mesmo tenha escolhido, que seja uma tão perfeita que nem seus pais iriam questionar sua escolhar. Conquistar Lauren Edgeworth, a frígida mulher perfeita, se torna o alvo de uma aposta, e Kit está decido a vencer. Ele começa suas investidas nada sutis, mas Lauren não quer ceder aos cortejos do visconde. O que torna a tarefa mais difícil do que Kit imaginava.
A senhorita Edgeworth se comportava com altiva elegância e seus lábios se curvavam naquele eterno meio sorriso que tinha visto em inumeráveis estátuas gregas. Na noite anterior, a jovem tinha dado a clara impressão de ser imune ao encanto, ao humor e ao mais ligeiro sinal de flerte. Se tinha que ser sincero, esse comportamento tão frio o havia desconcertado de certa maneira.

Quanto mais Kit tenta se aproximar de Lauren, mais ele começa a ficar curioso e ao mesmo tempo encantado. Ele revela todo o plano, a aposta e a briga com sua família. Lauren então propõe a Kit um acordo: Iria para a casa de Kit como sua noiva de fachada e o ajudaria com sua família.  Em troca, tudo que ele deveria fazer é proporcionar a Lauren diversão, descontração e alegria. Em resumo: um verão inesquecível.

A princípio aquela atitude estranha de Lauren no primeiro livro me incomodou um pouco. Ficou difícil decidir se a gente gostava dela ou não, pois aquele gentileza excessiva com Lilly parecia falsa. Lauren é como muitas pessoas: usa uma máscara diária para proteger seus sentimentos. O fato de não ter sido criada com seus pais, e sim com a família daquele que um dia deveria ser seu esposo, fez com que ela buscasse a perfeição nas atitudes a todo momento, se tornando um exemplo de decoro, responsabilidade e educação, mas também deixando de viver. Kit é totalmente o oposto de Lauren. O que ele mais quer é fazer com que ela se desprenda de tantas amarras sociais impostas. Ela é bastante teimosa e ele também tem que lhe dar com diversos problemas familiares. Em meio a esse noivado inesperado, sentimentos começam a surgir.

Esse é um livro bastante delicioso de se ler. Gostei da ligação com o livro anterior e de que aos poucos somos apresentados aos membros da família Bedwyn. Gostei desse livro tanto quanto do primeiro. É uma novel bem escrita, com enredo e personagens cativantes. Mary Balogh já é uma de minhas escritoras atuais favoritas. Ela consegue tornar um romance interessante sem ter que apelar para um erotismo forçado. A leitura é fácil, simplesmente flui. Os personagens são bem desenvolvidos, assim como a trama. Eu só posso recomendar que vocês leiam essa série!

Nota: "Uma noite de Amor"e "Um Verão Inesquecível" pertencem a série Os Bedwyns, porém a Editora Arqueiro começou lançando a série a partir do terceiro volume, "Ligeiramente Casados". São oito livros no total que contam a história dos seis irmãos Bedwyns. Se alguém quiser se aventurar nessa série, eu recomendo a leitura desses dois primeiros volumes. Espero que tenham gostado. Beijos!

 Classificação:

Comente com o Facebook:

18 comentários

  1. Adorei a premissa do livro, bem diferente dos romances de época qu sou acostumada a ler!
    Pri, me diz uma coisa: é preciso ler esse primeiro livro para entender esse ou dá de ler sem que haja lacunas?

    Adorei sua resenha!

    Beijos,

    Hel
    Leituras & Gatices

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helena!
      Acredito não ter problema alguma iniciar a série à partir de "Ligeiramente Casados". Os dois livros contam detalhes sobre personagens e suas escolhas que farão diferença em alguns personagens nos demais livros. Os Bedwyns surgem de fato a partir do terceiro livro e acho que a editora levou em consideração esse detalhe, então talvez nem tenhamos esses dois primeiros livros lançados por aqui. Mas eu indico a leitura desses dois primeiros por serem muito bons. Obrigada pela visita, Beijos!

      Excluir
  2. Gostamos da resenha, o livro parece ser muito bom, não lemos muito romances de época,mas parece ser um gênero bem interessante.


    Beijos


    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo gênero, eu adoro. Obrigada pela visita, meninas. Beijos!

      Excluir
  3. Amo esses romances de suspirar <3
    Amei a resenha, vou procurar saber mais no skoob.

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
  4. Caramba, gostei muito da sinopse e de sua avaliação. Adoro histórias de época, eu tava realmente "precisada" de uma indicação do gênero. E adoro esses romances "previsíveis" tipo duas pessoas que se veem obrigadas a entrar numa situação, ou que não se dão bem e de repente o ódio vira amor e etc, hahaha. Adoro situações em que podemos imaginar o final e mesmo assim torcer loucamente no decorrer do enredo.
    Obrigada, Pri!

    Beijão ;*

    Faroeste Manolo
    Página Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Hell! É um ótimo romance, assim como toda a série. Estou viciada, rsrs. Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  5. ando lendo só livros mt pesados, academicos, to querendo ler um romance assim, gostei mt da indicação

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um bom livro para se distrair. Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  6. Eu adorei a resenha, me encantei com a capa do livro que é tão fofinha e a história de romance, que eu amo tanto.
    Nunca li nenhum livro dessa autora, mas vou baixar todos e ler tudo em breve. *--*
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, se gosta de romances então irá gostar desses. São ótimos! Beijos!

      Excluir
  7. Eu tô com uma listona enorme de livros pra ler rsrsrsr,mas o pior ou melhor é que sempre vou anotando mais e mais.Espero poder ler este e o anterior.Os 8, eu não sei se conseguiria ler,mas pelo menos esses dois primeiro vou tentar.

    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenta sim, Gabi! Pode começar também pelo primeiro livro lançado pela Arqueiro. Você tem skoob? Beijos!

      Excluir

Muito obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas e sugestões nos comentários. Não esqueça do seu link, responderei todos assim que for possível ♥ XOXO