A história do Hairspray!


Fixador capilar, quem aí consegue viver sem ele? Muitos não conseguem, principalmente se você é um adepto ou adepta dos penteados retrô. Eu uso sempre, já não consigo viver sem, principalmente na tentativa de fazer algo "Old School", que no meu caso são todas tentativas fracassadas. Gostaria muito que desse algum resultado, mas meu cabelo é impossível. Bem, eu já fiz um post especial falando sobre a meia-calça, então por que não falar sobre um cosmético do qual eu também não vivo sem? E claro, a minha avó também aprova ;)

Adoro Vintage Advertising, e esses em especial voltados para esse produto são lindos por isso deixei o post recheado deles.

Vintage Ad voltado para o público feminino e masculino, afinal de contas "Tony La Russa usa Hairspray" ...  #RindoLitros xD

"Garotas inteligentes nunca atravessam a porta sem usar ...."
A grande ideia: A invenção do Hairspray partiu com base na ideia da fabricação de inseticidas em latas de aerosol na década de 40. Durante a Segunda Guerra Mundial latas de aerossol foram desenvolvidos pelo departamento de Agricultura dos Estados Unidos para melhor distribuir o inseticida entre os soldados, o que iria protegê-los da malária. Após a Guerra, as empresas de cosméticos viram que poderiam utilizar a mesma tecnologia das latas de inseticidas como um distribuidor de produto capilar. A primeira empresa a fabricar foi a Chase Products em 1948, porém foi somente nos anos 50 que as empresas passaram a utilizar o termo "HairSpray" no produto. A Helene Curtis Industries, empresa situada em Chicago foi a primeira empresa a utilizar esse nome.


Wanda, the Witch: Personagem cômica e fofa de uma marca de Hairspray dos anos 60. Confira o comercial abaixo:




Mais um comercial, desta vez dos anos 50. Reparem no conceito de vender um produto para a garota que um dia sonha em se casar e se tornar a perfeita housewife, esse era o target da época ... Ok, esse não é um post sobre publicidade retrô, mas não resisto;)

O Resultado: Grande sucesso e produção em massa de spray capilar, e mais e mais empresas foram surgindo em função da demanda. Era um verdadeiro milagre, ou mágica. A "última moda"! Sem o Spray capilar todos aqueles penteados fabulosos que todos nós conhecemos pelo termo "bufante" criados à partir da década de 50, seriam praticamente impossíveis de serem feitos. Já na década de 60 tornou-se o produto de beleza mais vendido e popular superando até mesmo o batom. Somente a partir da década de 70, com a moda hippie e penteados longos, retos e mais simples o consumo do Hairspray caiu muito. Também veio a descoberta de que as latas de aerosol continham "clorofluorocarboneto" ou CFC, que é um composto baseado em carbono, portanto prejudicial à saúde e ao meio ambiente. Houve relatos de que o uso também poderia causar câncer, e muitas empresas na época sabiam que aquilo era prejudicial, mas não se pronunciavam, afinal de contas estavam vendendo não é?  
Priscilla Presley na década de 60. Lana Del Rey, nos dias de hoje

A partir da década de 80 o uso do spray voltou com muita força em função da moda punk que estava em alta. Já não eram mais fabricados Sprays com CFC. E hoje em dia existe uma infinidade de marcas de Spray capilar para todos os gostos. Desde pessoas que apenas querem manter os cachinhos no lugar, fazer lindos penteados retro como os famosos Victory rolls, ou simplesmente manter aquele fio rebelde no lugar. 


Eu também não posso deixar de dizer que  amo o musical e filme Hairspray com o John Travolta no elenco. Mesmo sendo uma comédia a história retrata bem o sucesso estrondoso e a importância social que foi o cosmético naquela época. Divertido, diga-se de passagem. E ainda na década de 60, se tratando de penteados bufantes, os meus favorito são o da Priscilla Presley, Brigitte Bardot e Jacqueline kennedy.

Claro, eu não posso deixar de citar o estilo da eterna Amy Winehouse, mas hoje em dia quem chega mais próximo ao "60's Bouffant Hairstyles" sem dúvidas nenhuma é a Lana Del Rey! É melhor eu parar por aqui senão esse post vai ficar enorme. Não vou passar nenhum tutorial de cabelos, pois essa não é a ideia dessa matéria, mas não vá economizem no spray nos próximos penteados. Se você gostou desse post deixe seu comentário! :) xxx



(Algumas referências foram tiradas do site stylelist.com)

    Comente com o Facebook:

    4 comentários

    1. That Beatles hairspray is especially awesome! I can just imagine the throngs of Beatlemania obsessed female (and probably a few male, too) fans who stocked up on that for their flippy end and beehive high 'dos as soon as it hit the shelves.

      Big hugs from snowy Canada & many thanks for your lovely blog comment yesterday.

      ♥ Jessica

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. You're very welcome Jessica! Thanks for your commet and for following me! I'm very honored :) warm hugs from Brazil! xxx

        Excluir
    2. Êeeeeee!!!! Que saudade!
      Foi tão boa a surpresa que nem li o post! Já vim direto aqui!
      Agora vou lá, ler!
      Beijos!!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Clarissa!!! Sim, voltei ^^
        Estava com muitas saudades do mundo blog, fiquei mais de um ano afastada e muitas amigas insistiram para que eu voltasse, então cá estou!
        Fico feliz com sua visita, pois você foi uma das minhas primeiras seguidoras. Volte sempre!!!

        Beijos! xxx

        Excluir

    Muito obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas e sugestões nos comentários. Não esqueça do seu link, responderei todos assim que for possível ♥ XOXO