#Resenha: Outlander - A Cruz de Fogo (Diana Gabaldon)



Sinopse Parte I: Em A cruz de fogo – 1ª parte, sequência da série Outlander, de Diana Gabaldon, Jamie Fraser vive um dilema na colônia da Carolina do Norte, em 1770. Dono de muitas terras, ele é convocado a liderar uma milícia contra os rebeldes. Mas sabe que a independência das colônias não está longe. Viajantes do tempo, sua mulher Claire Randall, sua filha Brianna e seu genro Roger haviam lhe contado sobre a Revolução Americana. E agora, que lado seguir?  Sinopse Parte II: Em A cruz de fogo – 2ª parte, a bênção de saber sobre o futuro é também uma maldição para a família de Jamie e Claire. Um conhecimento privilegiado que tanto poderá guiá-los pelos ameaçadores anos que virão como iniciar um incêndio que reduzirá suas vidas a cinzas. Lançando mão de um texto vigoroso e sedutor, repleto de fatos históricos, Diana Gabaldon promete mais uma vez apaixonar seus leitores com esta trama de amor e luta além dos séculos.

Título: A Cruz de Fogo (Série Outlander Volume 5)
Autor: Diana Gabaldon
Ano de Lançamento: 2009
Editora: Rocco
Adicionar no Skoob - Part I / Part II
Classificação



Esta decretada a guerra. Vai ter intrigas, traições e muito romance. Diana finalmente narra a vida em família dos Frasers vivendo na Carolina do Norte - o que deixou a trama ainda mais envolvente. Temos nosso querido casal protagonista, Claire e Jamie, e juntamente com eles Brianna, Roger e o pequeno Jimmy (que parece ser a cópia do avô). Apesar de não gostar muito da Brianna nesse momento (só consegui me simpatizar com ela a partir do sexto livro), ela e Roger também são um casal que mexe com nossas estruturas, principalmente por estarem começando a vida à dois, ainda tão enraizados com o século XX e tentando se adequar ao tempo e todas as dificuldades. Mesmo que Claire e Jamie roubem a cena sempre, o romance entre eles é algo realmente lindo de se ver.

Jamie parece carregar consigo um talento único para lidar com pessoas e sob tudo liderá-las. Mas com isso, sempre trás consigo responsabilidades e o surgimento de novos fantasmas - sem contar os velhos que continuam se manifestando sempre. Para muitas pessoas, poder prever o futuro pode ser uma benção, mas não para os Frasers. Não nesse momento, em que o país está dividido e uma guerra está para acontecer. É inevitável que em um determinado momento, Claire e Jamie saibam fazer a escolha certa, e durante todo esse período saber dançar conforme a música.

O livro começa narrando o grande encontro dos líderes das terras altas na Carolina do Norte, ao mesmo tempo nesse período também ocorre o casamento de Roger e Brianna. Jamie recebe uma convocação do governador para liderar uma milícia contra os Reguladores, e é a partir daí que o pesadelo começa; Jamie sabe que os Reguladores vencerão, pois Claire, Brianna e Roger confirmaram a história. Nesse momento Jamie começa a se preparar (de corpo e alma) para a batalha, convocando aliados. Ele é um homem que já esteve em diversas batalhas e a honra e amor pela família estão acima de tudo. Da mesma forma Claire a todo momento se mostra feliz pela escolha que fez - não importa se você esta na guerra, travando batalhas, enfrentando perigos, doenças, ameaças, traições e toda a sorte de males, desde que você esteja com o amor da sua vida.

Claire continua trabalhando como médica, sempre buscando e pesquisando formas de tratar diversas doenças e fazendo grandes progressos. Suas habilidades se tornam conhecidas na colônia, ao mesmo tempo que sua fama de bruxa parece nunca abandona-la por completo. A forma rica e detalhada como Diana descreve as práticas medicinais da época, e como Claire tenta adaptá-las, é incrível. Sem querer, acabamos aprendendo muito. Começamos também a entender alguns personagens do passado e presente, e a complexidade de outros que vão surgindo. Ah, e Stephan Bonnet ainda perturba a paz de todos.

Quando penso que não poderia ter sofrido mais lendo os outros livros, como por exemplo os dois primeiros volumes, eis que Diana consegue fazer com que eu chore litros novamente, dessa vez em relação ao nosso querido Roger. A verdade é que eu fiquei tão absorvida que novamente me vi ali com os personagens, sentindo todas as alegrias, pequenas conquistas e sofrimento...muito sofrimento. Também devo destacar a descrição dos lugares, paisagens e estilo de vida e costumes de uma América colonial, tudo muito bem retratado pela autora. E Jamie como sempre nos enche de pérolas dignas de gargalhadas e frases românticas que nos arrebatam por completo. Eis uma de minhas favoritas:
Quando realmente chegar o dia em que tenhamos que nos separar... se minhas últimas palavras não forem "Eu a amo", você vai saber que foi porque eu não tive tempo.
Esse é um livro que dá o ponta pé inicial às guerras, traições e muitas surpresas. Além de fatos que trarão consequências futuras, tanto para o bem quanto para o mal dos personagens; novas perguntas que exigem respostas, como o ouro jacobista, por exemplo. A autora em nenhum momento deixa de usar referências e fatos históricos, como também os costumes das Highlands. O próprio nome do livro é uma dessas referências, que vocês descobrirão ao ler o livro.

Eu só tenho motivos para amar ainda mais essa série. Já li todos os livros publicados e estou ansiosa para dividir a sequência com todos vocês. Até a próxima resenha de Outlander!

Classificação
Série Outlander:
A Viajante do Tempo (Resenha)
A Libélula no Âmbar (Resenha)
O Resgate no Mar (Resenha)
Tambores de Outono (Resenha)
A Cruz de Fogo (Resenha)



Siga também no: Facebook  | Bloglovin  | Skoob Tumblr  | Pinterest

Comente com o Facebook:

14 comentários

  1. Que legal! Eu não conhecia essa história, adorei a resenha, vou procurar esse livros e os outros.

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau! Parece ser bom mesmo. Ainda não li esse e não conhecia o título.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resenhei os outros títulos dessa série, dê uma olhadinha se quiser. Beijos!

      Excluir
  3. Eu ainda estou no segundo livro, mas logo quero continuar a leitura :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A libélula no Âmbar é um dos meus favoritos. Quando terminar de ler, me conta o que achou =) Beijos!

      Excluir
  4. Essas capas que remetem aos anos 70 é o meu mal ,amoooooo ,adorei a resenha e vou procurar este livro !

    http://jessicavenenoofficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou suspeita pra falar, mas é uma série que eu super indico. Obrigada pela visita, Beijos!

      Excluir
  5. Adorei conhecer um pouquinho sobre o livro, parece ser muito bom.
    Pena que estou super sem tempo pra ler, mas quando eu organizar meus horários quero ler muitas coisas! :)
    Um beijo!

    www.impulsofeminino.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho pouco tempo pra ler tudo que quero rsrs Obrigada pela visita, Beijos!

      Excluir
  6. Gostaria de saber onde encontro A cruz de fogo, para vender. Parece que não existe em nenhuma livraria. Pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente esses volumes são raros, difíceis de encontrar. Procure na Estante Virtual, talvez lá tenha. Beijos!

      Excluir
  7. Amo essa série, mas não estou conseguindo achar a cruz de fogo para baixar de jeito nenhum.
    Só consegui a versão de Portugal, mas não gostei.
    Se alguém tiver, por favor me envie?
    Daniela89lcn@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela, tudo bem? A primeira parte de A Crus de Fogo foi relançada recentemente pela editora arqueiro. É só aguardar e logo mais você terá os dois volumes =) Infelizmente não posso ajudar muito. Beijos!

      Excluir

Muito obrigada pela visita! Deixe sua opinião, dúvidas e sugestões nos comentários. Não esqueça do seu link, responderei todos assim que for possível ♥ XOXO