Featured Posts

Decoração com Violinos


O violino é de longe um dos instrumentos musicais mais belos e misteriosos de todos os tempos. Muitas pessoas não só apreciam o som, como também as formas do violino. Esse instrumento consegue ser belo e enigmático de uma forma que nem sei explicar. Enfim, a ideia de utilizar o violino como um objeto de decoração, ostentação ou algo simbólico não é recente. Já no século 18, muitos violinos eram fabricados com detalhes especiais, de acordo com o gosto do cliente ou do próprio luthier. Por isso, é possível encontrar alguns desses instrumentos que sobreviveram ao tempo expostos em museus, com pintura especial, desenhos e até formas esculpidas na própria madeira. Isso não quer dizer que eles eram feitos para decoração, mas pode-se dizer que a ideia de transformar o instrumento em uma peça artesanal decorativa veio depois disso: 


Curiosidades: Violinos (ou seus amigos: cello, viola, contra-baixo) feitos de forma única. Alguns desses são do século 18 e 19 e não são decorativos, foram feitos com a finalidade de ser um instrumento musical especial. Caso alguém tenha interesse em se aprofundar mais na história do violino e os maiores fabricantes de todos os tempos, como Antonio Stradivari, eu recomendo que pesquisem, pois existe muito material bacana (imagens, vídeos, documentários) por aí! - via pinterest/ google

A prática de se utilizar o instrumento como objeto de decoração ainda vive. Inclusive em sites como o Etsy é possível comprar violinos personalizados feitos exclusivamente para decoração (já que é impossível tocar em um instrumentos como esse). Muitos deles com um toque vintage, boêmio, romântico, gótico e até steampumk (o céu é o limite). Eu separei alguns imagens que encontrei não só de violinos, como também de objetos inspirados nele. Espero que gostem!

Source: Etsy/ Pinterest/ Google

Source: Etsy/ Pinterest/ Google

#Resenha: Quando o amor bater à sua porta (Samanta Holtz - Editora Arqueiro)

Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.
Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.
O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.
Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.
A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.

Dicas para se vestir como uma Diva dos Anos 30


Os Anos 30 na moda representam um período em que a indústria teve que se reinventar. Após a queda da bolsa de Valores de Nova York em 1929, estava decretada a Grande Depressão: Milhões de pessoas perderam seus empregos, empresários faliram da noite para o dia. Consequentemente esses fatores afetaram diretamente a indústria da moda, que teve que buscar alternativas fabricando roupas com material mais barato e busca por novos materiais no mercado.

Looks Outono/Inverno


Cintura marcada e saias abaixo do joelho. Os chapéus e bolsas permanecem, os boleros se tornam peça coringa. Destaque também para o uso de ombreiras que davam a ilusão de uma cintura mais fina. - Foto: Reprodução

#Resenha: Outlander - Um Sopro de Neve e Cinzas (Diana Gabaldon)


O casal de viajantes Claire Fraser e seu marido Jamie Fraser, um sedutor guerreiro escocês do século XVIII, está de volta, no sexto livro da série Outlander, da norte-americana Diana Gabaldon. Desta vez, as decisões e comportamentos da dupla são decisivos para o início da Revolução Americana, conflito que resultaria na independência dos Estados Unidos. Logo nas primeiras páginas, é possível sentir a tensão rondando o cotidiano de Claire e Jamie. O incêndio de uma cabana e a morte de uma família inteira alertam sobre a chegada de mudanças que podem diminuir a tranquilidade dos moradores de Fraser’s Ridge.




[Review] Recebidos da loja Newchic.com


Bom dia darlings, tudo bem com vocês? Bom, há alguns dias eu recebi produtos da loja Newchic.com, que é parceira do blog (no mês passado eu cheguei a fazer uma listinha de desejos aqui no blog). Fiquei mega feliz pois finalmente todos os items chegaram! Confira a resenha e minhas considerações sobre a loja:

♥♥♥
Compras e Entrega: O site da New Chic possui aquele formato com tradução e conversão simultânea da moeda nacional, então mesmo que você não esteja tão familiarizado com lojas internacionais, fica muito mais fácil fazer compras por lá. O sistema divide o pedido automaticamente, o que faz com que as compras cheguem mais rápido. Essa opção também ajuda na hora em que os pacotes chegam no país, diminuindo as chances de ser taxado. Meu pedido foi dividido em 3 pacotes: o primeiro chegou em 20 dias, e os demais em 30 dias. A entrega foi rápida, e o melhor de tudo: sem cobrança de tributos. Confira detalhes de cada um dos itens abaixo: